terça-feira, 24 de maio de 2011

Corinthians e Odebrecht assinam contrato para terraplanagem


O contrato assinado nessa quarta-feira, que não teve os valores revelados, foi assinado apenas para a terraplanagem, com início das obras programado para a próxima semana e término em cerca de dois meses.
Enquanto o terreno será deixado em ordem, dirigentes corintianos e representantes da Odebrecht tentarão equacionar a diferença de 350 milhões de reais da obra – Corinthians fala em gastos de R$ 650 milhões, enquanto a empresa garante que vai gastar mais de R$ 1 bilhão.

Por conta da terraplanagem, que levará três meses, o Corinthians não tem necessidade de contratar operários para a realização das obras imediatamente. A busca por trabalhadores só deve ocorrer em alguns meses, e por isso o diretor de marketing do Timão, Luis Paulo Rosenberg, pede que operários não tentem conseguir vagas indo ao local do terreno, como tem acontecido. O dirigente informa ainda que quando o clube inciar o processo de contratação dará prioridade a moradores de Itaquera e da Zona Leste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário